• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.

Notícias Paes exonera suplente de Chiquinho Brazão da Secretaria de Ação Comunitária

Roter.Teufel

Sub-Administrador
Team GForum
Entrou
Out 5, 2021
Mensagens
17,349
Gostos Recebidos
742
Paes exonera suplente de Chiquinho Brazão da Secretaria de Ação Comunitária

1_322880978_423204896610533_2357477153475336194_n__1_-27554851.jpg


Marli Peçanha, que era subprefeita de Jacarepaguá, foi nomeada para substituir Ricardo Abrão no cargo

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), exonerou em edição do Diário Oficial do Município desta terça-feira (26), o até então secretário de Ação Comunitária, Ricardo Martins David, o Ricardo Abrão. A secretária Marli Peçanha, que era subprefeita de Jacarepaguá, foi nomeada para substitui-lo no cargo.
Além do secretário, foram exonerados o chefe de gabinete, subsecretários e o coordenador-geral. A prefeitura afirma que os nomes haviam sido indicados pelo Partido Republicanos, que deixou o governo.

"Marli retorna ao cargo com autonomia para reformular os quadros da secretaria e dar continuidade aos principais projetos da pasta, como: Favela com Dignidade, Casa Carioca e Recicla Comunidade", diz a prefeitura em nota.
Ricardo Abrão é sobrinho do contraventor Aniz Abraão David, o Anísio, e filho de Farid Abraão David, ex-prefeito de Nilópolis morto aos 79 anos em 2020 vítima da covid-19.
O político do União Brasil é suplente de Chiquinho Brazão na Câmara dos Deputados e já foi deputado estadual por dois mandatos no Rio. Caso Chiquinho seja afastado em razão de sua prisão, Ricardo tomará posse em seu lugar.

O deputado federal Chiquinho Brazão foi expulso do partido União Brasil. A Câmara dos Deputados vai analisar sua prisão na tarde desta terça-feira (26) por meio da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Ele foi apontado ao lado do irmão Domingos Brazão como um dos mandantes do crime que matou a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, em 14 de março de 2018. O delegado Rivaldo Barbosa, chefe de polícia na época do caso, também foi preso como autor intelectual do crime.
Chiquinho Brazão assumiu a Secretaria Municipal de Ação Comunitária em outubro de 2023 e deixou a pasta em fevereiro, quando surgiram as primeiras informações de que o executor Ronnie Lessa havia firmado um acordo de colaboração premiada.

O Dia
 
Topo