• Olá Visitante, se gosta do forum e pretende contribuir com um donativo para auxiliar nos encargos financeiros inerentes ao alojamento desta plataforma, pode encontrar mais informações sobre os várias formas disponíveis para o fazer no seguinte tópico: leia mais... O seu contributo é importante! Obrigado.

Notícias Mulher morta por bala perdida em São Gonçalo estava dentro da padaria onde trabalhava

Roter.Teufel

Sub-Administrador
Team GForum
Entrou
Out 5, 2021
Mensagens
17,363
Gostos Recebidos
742
Mulher morta por bala perdida em São Gonçalo estava dentro da padaria onde trabalhava

1_438701179_2720442984776847_4914840850814134912_n-32628977.jpg


Corpo de Rosimely Ximenes, de 55 anos, foi sepultado na tarde deste sábado (20), no Cemitério Parque de Nycteroy

Rio - Rosimely Ximenes de Mesquita Martins, de 55 anos, que morreu vítima de bala perdida em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, estava dentro da padaria onde trabalhava quando foi atingida pelo disparo, na noite de sexta-feira (19). O estabelecimento, localizado na Rua Waldomiro Lopo, no bairro Jockey, não abriu na manhã deste sábado (20) e deixou colado na porta uma nota de pesar. O corpo de Rosimely foi sepultado às 15h deste sábado (20) no Cemitério Memorial Parque de Nycteroy, no Laranjal, em São Gonçalo.

Amigos e familiares da vítima compareceram ao enterro e, bastante abalados, se despediram dela. Rosimely era natural do Ceará, mas morava no Rio de Janeiro há cerca de 20 anos. Ela deixa marido, três filhos e quatro netos.

Nas redes sociais, alguns colegas também deixaram homenagens: "Estou de luto, assim como todos aqueles que amavam você. Sua ausência será notada todos os dias porque você era uma pessoa inspiradora que transmitia uma energia muito positiva a quem estava à sua volta. Mulher inspiradora, amiga incansável, alma generosa e pessoa guerreira, todas essas qualidades fizeram de você uma pessoa muito especial", disse um amigo. Por trabalhar há muitos anos na padaria, Rosimely se tornou uma pessoa bastante conhecida na região.
Investigações em andamento

Segundo informações da Polícia Militar, a mulher morreu após ser vítima de bala perdida durante um confronto entre policiais militares e criminosos em São Gonçalo. Ela foi atingida na cabeça e socorrida pelo próprio filho, em estado gravíssimo, para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat). De acordo com a PM, agentes do Batalhão de Rondas Especiais e Controle de Multidão (Recon) foram atacados a tiros por criminosos, quando tentavam realizar uma abordagem a uma motocicleta no bairro Jockey e houve confronto.
O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) e pela Corregedoria Geral da PM. As câmeras corporais utilizadas pelos agentes foram recolhidas e as imagens estão sendo analisadas para ajudar a descobrir de onde partiu o disparo que atingiu a vítima.

O Dia
 
Topo